O início PDF Imprimir E-mail

Domingo, 24 de dezembro de 1999, Joel Bernardo é convidado para passar a noite de Natal na residência de Quitéria Martins. As conversas logicamente entre outros temas não deixaria de ser os bons momentos vividos por todos na Laje nas décadas de 50, 60 e 70. No meio da conversa eis que surge uma indagação de Quitéria Martins dizendo que tinha muita vontade de juntar toda aquela gente do passado para uma confraternização bem festiva como nos velhos tempos e que fosse ali repetidos todos os gestos de amizade fraterna de lajenses quando se encontram. Logo Joel falou: “E porque a gente não faz isso?” Quitéria retrucou: “ Muita gente já pensou em fazer isso, mas nem começou por ser muito difícil e complicado.” Joel falou: “Mas a gente não tentou, e, conosco é diferente...”

 

1º Encontro

Quitéria aceitou o desafio e juntos começaram a contactar com pessoas que poderiam marcar presença no local e dia marcado. Foi escolhido então o dia 6 de janeiro, quinta-feira, Dias de Santos Reis no prédio onde funcionou o velho Ginásio São José. Houve primeiramente um contato com Raul Teixeira e José Maria para juntar-se com outras pessoas como Angélica Lyra, Geraldo Lyra, Evaristo Lopes Filho, Aminadab Lima, Japhet, Carlinhos Lyra, Josenilda Albuquerque, Paulo Martins, Eugênio Lyra, Josemir Passos e tantos outros promoverem aquela festa modesta, apenas com pouco mais de 80 pessoas, mas que seria o início de toda essa maravilha que é o ENCONTRO DE LAJENSES.

 

 

 

2º Encontro

Diante de todo o sucesso do 1º Encontro é que pensamos em realizar o próximo com mais estrutura e num local maior e confortável porque a nossa previsão era de mais de 200 pessoas. Puro engano o evento contou com mais de 400 pessoas e um sucesso total e absoluto ficando assim registrado na mente de todos os participantes de que aquela festa jamais podia deixar de existir. A partir daí algumas pessoas de nosso círculo de amizade nos procurou para poder financiar este grande evento. Com a equipe formada por: Joel Bernardo, Quitéria Martins, José Maria de Mattos, Raulito Teixeira e Evandro Sarmento no dia 6 de janeiro de 2001 foi realizado na Escola Profª Lourdes Rocha o 2º ENCONTRO DE LAJENSES.

 

 

3º Encontro

O sucesso dos encontros passados foi que fez a equipe crescer e contar com várias pessoas que queriam colaborar e assim foi feito. Resolvemos então a partir desse iniciarmos com uma celebração para agradecer a Ele o nosso sucesso. Conseguimos a realização de uma missa com o Mosenhor Tertuliano Passos Lima “o Padre Terto” que depois de quase 40 anos voltou a Laje para a alegria dos seus antigos e novos fiéis. Foi uma emoção total, na igreja matriz com a exuberante pregação daquele querido sacerdote, quase todos chorando de felicidade por poder participar daquele momento tão impar na vida de todos que compareceram a igreja. Na escola foi neste evento que começamos as homenagear lajenses ilustres e não lajenses porém com serviços prestados a comunidade ao longo dos anos. A equipe contou com: Joel Bernardo, Quitéria Martins, José Maria de Mattos , Beninho Lyra, Hely Lyra, Geraldo Lyra, Maria Nilza Lyra, Maria do Carmo Gomes Martins (Lili), Carlinhos Lyra, Maria José Lyra, Eugenio Lyra, Solange, Raulito Teixeira, Evaristo Gomes, Eunia Gomes, Josemir Passos, Fátima Martins, Angélica Lyra e Maria José Bernado (Zezé). Foi realizado no dia 5 de janeiro de 2002 na Escola Profª Lourdes Rocha, sendo prestigiado por mais de 800 pessoas o 3º ENCONTRO DE LAJENSES.

 

4º Encontro

Continuamos com a celebração na igreja matriz, mas, já não podíamos contar com a presença do “Padre Terto” que nos garantiu no encontro anterior está presente neste, não sendo possível devido ao seu falecimento 2 meses antes, o que foi profundamente lamentável e lastimável. No local do evento foram homenageados várias pessoas ilustres que tiveram a bravura de fazer acontecer algo de positivo na história da cidade. A equipe contou com: Joel Bernardo, Quitéria Martins, José Maria de Mattos , Beninho Lyra, Hely Lyra, Geraldo Lyra, Maria Nilza Lyra, Maria do Carmo Gomes Martins (Lili), Carlinhos Lyra, Maria José Lyra, Eugenio Lyra, Solange, Raulito Teixeira, Evaristo Gomes, Lourival Bernardo, Fátima Martins, Napoleão César, Angélica Lyra e Maria José Bernado (Zezé). No dia 4 de janeiro de 2003 na Escola Profª Lourdes Rocha, sendo prestigiado por mais de 600 pessoas foi realizado o 4º ENCONTRO DE LAJENSES.

 

5º Encontro

Por motivos alheios a nossa vontade o evento não pode ser realizado no ano de 2004, sendo reativado no ano seguinte com muita força de vontade dos componentes da equipe, sem muito apoio , com pouco patrocínio, mas a garra da equipe foi muito maior realizando mesmo com todas as dificuldades no antes e no depois. Apesar de um número pequeno de participantes, pouco mais de 300 pessoas foi realizado com muita alegria. Foi a partir desse ano que foi criado o troféu “Guerreiro Lajense”, para homenagear os lajenses “Guerreiros” . Também a partir desse ano começou a resgatar de forma espontânea com pessoas que estavam participando do encontro, um “Pastoril” mostrando assim a cultura e o folclore lajense, sendo vencedor o “Cordão azul”. A equipe para este evento contou com: Quitéria Martins, José Maria de Mattos, Beninho Lyra, Hely Lyra, Maria do Carmo Gomes Martins (Lili), Carlinhos Lyra, Maria José Lyra, Eugenio Lyra, Solange, Raulito Teixeira e Angélica Lyra. No dia 8 de janeiro de 2005, agora no Colégio Estadual “Cônego Augusto Theofanes de Barros” foi reativado o “5º Encontro de Lajenses”.

 

6º Encontro

Com muita vontade, mais apoio e patrocínio em 2006 foi novamente realizado o encontro com a presença de mais 500 participantes. Neste encontro além da entrega do troféu “Guerreiro Lajense”, foi também apresentado uma homenagem a Carmem Miranda já que o país inteiro estava comemorando o centenário de seu nascimento. Logo depois foi resgatado com grande sucesso o bloco carnavalesco que teve atuação na cidade nos anos 50 e 60 “AS VENCEDORAS”, logo arrancando lágrimas e sorrisos de boa parte de pessoas que viveram naquela época. A equipe para este evento contou com: Quitéria Martins, José Maria de Mattos, Maria do Carmo Gomes Martins (Lili), Carlinhos Lyra, Maria José Lyra, Eugenio Lyra, Solange, Raulito Teixeira e Angélica Lyra. No dia 7 de janeiro de 2006, no Colégio Estadual “Cônego Augusto Theofanes de Barros” foi realizado o “6º Encontro de Lajenses”.

 

7º Encontro

Neste ano a equipe pensou em homenagear a nossa rainha da dramatologia lajense, Maria do Rosário Cavalcante e Silva. Assim foi feito uma pequena amostra de um musical criado por ela na década de 60 que foi a Feira das Nações,belas garotas em trajes típicos mostrando com muita competência a dança de cada país apresentado arrancando assim aplausos da multidão que se fazia presente, estimado em 750 pessoas. Logo depois continuando com o intuito de mostrar a cultura e o folclore lajense apareceu lá de longe um Guerreiro comandado pelo eclético “Geraldo Lyra” e suas pastorinhas, fazendo com que os presentes soltassem as mais gostosas gargalhadas de todo ano. A equipe para este evento contou com: Quitéria Martins, José Maria de Mattos, Maria do Carmo Gomes Martins (Lili), Carlinhos Lyra, Maria José Lyra, Eugenio Lyra, Solange, Raulito Teixeira e Angélica Lyra. No dia 13 de janeiro de 2007, no Colégio Estadual “Cônego Augusto Theofanes de Barros” foi realizado o “7º Encontro de Lajenses”.

8º Encontro

Ficou decidido que neste ano a homenageada seria a nossa eterna miss, a professora, a artista plástica, a lajense, Josenira de Albuquerque Silva “Nirinha”.
No dia 7 de setembro de 1964, ela juntamente com uma equipe formada no Grupo Escolar Carlos Lyra, colocou as vistas da população todo o seu talento mostrando um pelotão que apresentava com bastante ousadia, perfeição e talento as regiões do Brasil.
Resolvemos reviver isso com nova roupagem e direção e, o resultado foi o que já era esperado: um sucesso!!! O encontro transcorreu no mais perfeito tom de confraternização, deixando as pessoas absolutamente a vontade para falar, abraçar, cantar, correr, beijar, chorar e, levando consigo a saudade dos amigos que lá estavam, na certeza de que no próximo “estaremos todos lá” e será um dia maravilhoso!!! A equipe para este evento contou com: Quitéria Martins, José Maria de Mattos, Maria do Carmo Gomes Martins (Lili), Carlinhos Lyra, Maria José Lyra, Eugenio Lyra, Solange, Raulito Teixeira e Angélica Lyra. No dia 05 de janeiro de 2008, no Colégio Estadual “Cônego Augusto Theofanes de Barros” foi realizado o “8º Encontro de Lajenses”.

 

9º Encontro

Uma repetição do sucesso dos anos anteriores. A celebração de uma missa na Igreja Matriz marca o início das comemorações do reencontro de Lajenses amigos em mais um Encontro de Lajenses. Após a missa teve início as festividades no Colégio Estadual Padre Theófanes de Barros, contando com a presença de Lajenses que vivem hoje em outras plagas, mas que fazem questão de se deslocar no segundo sábado de janeiro para participar deste evento. Durante a festividade, foram reapresentados o pastoril, o guerreiro e as vencedoras, com seus personagens representados pelos participantes do encontro, que euforicamente dançam, cantam se divertem e encantam e divertem a quem os assistem. Como nos anos anteriores lajenses foram homenageados com o troféu “Guerreiro de São José da Laje” e com medalhas dentre eles citamos o músico João Pinheiro Lyra, o geólogo Iranildo Valença, as professoras Cleonice Valença e Maria Júlia. A festa foi animada por “Gilberto e Banda” de São Bento do Uma – Pernambuco e, como sempre acontece, com a apresentação de Dydha Lyra, João Lyra, Fábio Chavarria, cantores e músicos lajenses.

 

10º Encontro

A comissão organizadora contando com o apoio dos patrocinadores, com grande entusiasmo realiza o 10º Encontro de Lajenses em janeiro de 2010. Como nos anos anteriores, grande número de lajenses participou da cerimônia religiosa e após a realização da santa missa, de mãos dadas deram um grande abraço à igreja matriz num gesto de agradecimento a Deus, a São José, por mais uma vez estarem juntos aos amigos, num evento que podemos considerar um “sagrado remédio contra esse tempo de tanto individualismo”. Como nos anos anteriores o encontro ocorreu nas dependências do Colégio Estadual “Cônego Augusto Theófanes de Barros. A alegria do reencontro tomava conta de todos os participantes. A comissão agradecida homenageia aqueles que durante dez anos foram seus parceiros, entregando a cada um dos patrocinadores um “Certificado de Reconhecimento” por sua importante parceria para a realização desses encontros. Como nos anos anteriores, homenageados receberam o Troféu “Guerreiro de São José da Laje” dentre eles Manuel Ferreira de França, Ednaldo Francisco de Holanda, Luiz Tarcisio G Martins, José Maria Matos. Outros tantos receberam medalhas também como homenageadas. Como sempre acontece, o evento ocorreu num clima de muita paz, muita alegria, abraços, lágrimas, muita música dos anos 60, o que levava todos ao salão para dançar, num extravasar de emoções contidas em suas lembranças. Um fato já é comprovado: o que de início era um encontro de gerações das décadas de 40, 50 e 60, hoje tem presença garantida de jovens, que com certeza darão continuidade a este evento que já é parte da querida São José da Laje.

 

11º Encontro

Iniciamos a nossa programação diante do nosso padroeiro, onde encontramos a força motriz e motivadora para a realização do nosso Encontro. Terminada a Missa fomos para a Escola Fundamental  Conego Theofanes de Barros onde foram homenageados com trofeus e ou medalhas senhores, senhoras e senhoritas da nossa sociedade. Tivemos ainda a apresentação de duas grandes declamações: Adeus à minha terra por Eugênio Lyra e Consulta ao Psicólogo por Antonio Farias. Pela 1ª vez o buffet Salud foi a nossa cidade, deixando todos satisfeitíssimos comum delicioso almoço. Finalmente, fomos mais uma vez envolvidos pela seleção musical bastante eclética do querido Gilberto e Banda; tendo ainda a participação de Dhyda Lyra,  Junior Lyra e Antonio de Padua, etc. Portanto, so nos resta agradecer aos senhores Patrocinadores, tais como: Prefeitura Municipal de São Jose da Laje, a direção da Usina Serra Grande, aos amigos da Usina Coruripe, as Empresas, Solimões-Manaus, Rio Negro Construções-Maceió, Patamar-Maceió,Galeto D’Emery-Maceió, A Asfal-Maceió; e Francelino Imoveis e Seguros-Campina Grande-PB. Agora vamos esperar o próximo Encontro no dia 14 de janeiro de 2012. Até lá...

12º Encontro

Mais um ano se passou e continuamos trabalhando, na organizaçao para mais um “Encontro” desta vez o 12º Encontro de Lajenses que se realizou no Colegio Estadual Pe. Teofanes Augusto de Barros, em 14 de Janeiro de 2012. Tivemos como inicio da programação, o encontro com Deus na Igreja de São José, onde foi celebrada a Missa em Ação de Graças pelo Cônego Alexandre, para todos os presentes, com a participação da Banda Kaktus. Após a Santa Missa, já no Colegio deu-se seguimento à programação. Homenagens aos Lajenses que se destaCaram com serviços prestados à comunidade, com o Trofeu “Guerreiro Lajense" e também medalhas de Honra ao Mérito. Na parte cultural tivemos a apresentação do antigo Bloco de Carnaval “As Vencedoras", em seguida foi servido o almoço pelo restaurante e Buffet Salud. A parte musical ficou por conta de Gilberto e Banda que animou os Lajenses até às 18 horas tocando musicas para Velhos, jovens e crianças. Só temos a agradecer a todos os nossos patrocinadores e colaboradores, sem eles não seria possível a realização deste evento, e aos Lajenses,
amigos e visitantes nosso muito obrigado por suas presenças. Até o 13º se Deus quiser.

14º encontro

Olá amigos,

Mais uma vez nos encontramos em nossa querida São José da Laje para a realização do 14º Encontro de Lagenses. É amigos, ele (o encontro) veio para ficar! Já se arrisca a dizer que esse evento é uma referência para o nosso município.

Quem o assiste tem a impressão de que foram guardadas todas as emoções, as alegrias, os abraços mais apertados para serem trocados neste dia.

A direção do Encontro: Maria Diniz e Carlinhos Lyra, Lili, Pablo, Raul, Diogo Diniz, Eugênio e Solange Lyra e Quitéria, quer agradecer aos ilustres patrocinadores, sem os quais nada disso seria possível acontecer. Obrigado a USGA, a MAG Pontes, a Solimões, a ASFAL, a Usina Coruripe (Adalberto, Ivinho, José Correia), a Brindes&Cia, a Rio Negro, a Patamar Arquitetura e Engenharia, a Itamar Papelaria, a Autopeças Yara, a Irriga Service, a Prefeitura de São José da Lage.

Queremos agradecer também, a todos vocês que vieram se Encontrar e nos brindaram com alegria, carinho, beijos, abraços. Obrigado a todos: desde o bebê até os mais idosos, desde aquele que vem de outros estados até aqueles que moram bem pertinho do local da festa, desde o lajense da gema até aquele que “ouviu dizer” e foi lá conferir o sucesso da festa.

O Encontro é dos Lajenses, dos amigos dos Lajenses, dos parentes e aderentes dos Lajenses, é para os Lajenses se encontrarem e festejarem esse re Encontro.

Portanto, queridos e queridas lajenses, esperamos reencontrá-los no nosso 15º Encontro de Lajenses!!!

 

Apoio